Compre um apartamento e a imobiliária paga seu divórcio

abril 22, 2009

casa

Uma oferta, no mínimo, estranha. Uma imobiliária de Huelva, na Espanha, lançou a seguinte promoção. Por 68.000 euros (quase R$ 200.000), uma pessoa compra um apartamento de três quartos e ganha os trâmites do divórcio. A gerente da imobiliária, Vanesa Contioso, diz que o número de divórcios caiu por conta da crise na Espanha, já que a separação custa muito dinheiro. “Queremos oferecer uma opção a estes casais”, disse Vanesa ao jornal 20 Minutos. Não é a primeira vez que a imobiliária Geimsa faz uma promoção para casais. Há algumas semanas, uma promoção oferecia um apartamento e as despesas do casamento pagas por 100.500 euros (quase R$ 300.000). Será mesmo uma oferta?

Anúncios

Desempregados têm desconto especial na conta de telefone

março 17, 2009

telefoneO presidente da Telefónica na Espanha, Guillermo Ansaldo, anunciou que os clientes da companhia que estão desempregados terão um desconto de 50% na conta de telefone celular e fixo até o valor máximo de 20 euros por fatura. A benevolência da empresa vale para os clientes que estão há pelo menos seis meses com a Telefónica. Além disso, também por conta da crise econômica e do desemprego que afetam os espanhóis, a empresa vai lançar uma nova linha sem taxa de inscrição e com consumo mínimo de 14 euros por mês, segundo o jornal 20 Minutos.


Bebidas grátis para ex-Lehman Brothers

setembro 19, 2008

Em Manhattan, bar oferece bebidas grátis a ex-funcionários do Lehman Brothers

A quebra do Lehman Brothers prejudicou também bares e restaurantes vizinhos ao prédio do banco, no centro de Manhattan. No Tonic Restaurant & Bar, por exemplo, antes de fevereiro o pessoal do Lehman Brothers fazia dois ou três eventos corporativos toda semana. Depois de fevereiro os eventos se reduziram a nenhum, segundo nota de um blog da Reuters. Um prejuízo e tanto!  Mas para reconhecer a freqüência assídua dos funcionários do banco durante muito tempo, o Tonic decidiu ser solidário e vai oferecer nesta sexta bebidas grátis das 17h às 18h para os antigos empregados do Lehman Brothers. A promoção foi enviada por e-mail aos colaboradores, segundo nota do FrikiEconomía (minha inspiração espanhola para este blog).


Em restaurante argentino, quem faz o preço é o cliente

julho 9, 2008

Um restaurante argentino inovou para vencer a concorrência. O Pampa Picante, em Palermo, Buenos Aires, não tem preços no cardápio. Depois de saborear a comida (que deve ser muito boa), o cliente diz quanto acha justo pagar pela refeição. Só têm preço fechado as bebidas e o serviço de mesa – quatro pesos por cliente. Os donos do restaurante decidiram fazer o teste por um mês, mas a idéia deu tão certo que já faz cinco meses que o consumidor é quem dita o preço da comida. Segundo reportagem do La Nación, entre 70% e 80% das pessoas pagam um preço razoável.


Compre uma casa e leve uma mulher

julho 1, 2008


Vale tudo para vender uma casa. A corretora de imóveis americana Deven Traboscia se incluiu como brinde na negociação de sua própria residência. A casa está à venda por US$ 500.000 e quem comprá-la ganhará também uma mulher. Sim. O novo proprietário terá que dividir o imóvel com Deven, que exige casar-se com o comprador, segundo notícia do G1. A corretora, divorciada há oito anos, fez a oferta nos sites eBay e Craiglist. Interessado? Corra, o leilão termina no dia 2 de julho.


Apartamento a cinco euros

maio 27, 2008

Um corretor imobiliário desempregado teve uma idéia inusitada para se desfazer de seu apartamento e da dívida que o acompanha. Ele não conseguia mais pagar a hipoteca do imóvel e decidiu fazer uma espécie de leilão de seu bem. Dividiu o apartamento em 64.000 cotas de cinco euros cada e as está vendendo como se fosse uma rifa. O sorteado ficará com o apartamento, já quitado, e ele conseguirá liquidar sua dívida. O imóvel, localizado perto de Madri, na Espanha, tem 77 metros quadrados, dois quartos e varanda e está avaliado em 320.000 euros (cerca de R$ 832.000). Quem se candidata? Entre no site da rifa e veja os detalhes. Segundo reportagem do El Economista, já foram vendidas 1.800 cotas.


Criatividade para combater a crise

abril 9, 2008


Era de se esperar. Os imóveis na Europa, de uma forma geral, e na Espanha, em particular, alcançaram preços exorbitantes nos últimos anos. E enfim chegou a hora de parar de comprar. O mercado imobiliário espanhol está em crise e a venda de casas e apartamentos caiu 30% de janeiro até agora. Na tentativa de retomar as vendas, as imobiliárias inventaram prêmios criativos para atrair o consumidor. A Prasa, por exemplo, criou o Sueldo Prasa, que promete o pagamento de um salário de 800 euros mensais ao comprador por um ano. Já a Urbig lançou a promoção dois por um: quem comprar um imóvel leva o segundo pela metade do preço. Na Urbas, quem comprar uma casa leva um cheque-família de 2.000 euros para cada filho e se a mamãe dos pimpolhos não trabalha, leva ela também um cheque no mesmo valor. Além dos brindes, há quem apele para o saldão. A Habitat oferece 400 casas com descontos entre 10% e 20%. As promoções foram anunciadas no Salão Imobiliário Internacional de Madri (SIMA), que acontece na capital espanhola de hoje até 12 de abril.