Pizza e refrigerante para os soldados de Israel

janeiro 21, 2009
Soldados comem pizza durante a guerra

Soldados comem pizza durante a guerra

Os sites pizzaidf.org e burgeridf.org permitem que pessoas de todo o mundo mandem pizzas, sopas, hambúrgueres e refrigerantes para os soldados israelenses em combate na faixa de Gaza. Promovidas pelo exército de Israel, as páginas, além de trazerem um pouco de alegria e mais alimentos aos combatentes, ajudam pequenos empresários locais a superarem o fraco movimento durante a guerra, segundo o próprio site. Entre os beneficiados estão pizzarias, lanchonetes, restaurantes, o pessoal responsável pelas entregas e até produtores de tomates e criadores de gado. Todos os alimentos vendidos no site são kosher, ou seja, preparados de acordo com as normas judaicas. Os preços dos “combos”, com pizza e refrigerante, variam de US$ 25,99 até US$ 439,99 – esse último serve para alimentar um batalhão com 90 soldados.

Anúncios

Baita negócio

abril 4, 2008


O americano Chris Clark, dono de uma consultoria para páginas web, fez um negócio e tanto. Em 1994, ele comprou o domínio de internet pizza.com por US$ 20. Seu objetivo era associar-se a uma pizzaria num futuro próximo, mas a idéia não deu certo. De qualquer forma, ele manteve o endereço sob sua propriedade. Fez bem. Num leilão promovido ontem ele conseguiu vender o domínio por US$ 2,6 milhões. A comemoração não podia ser diferente: pizza para toda a família.

A notícia completa pode ser lida no site do New York Post.