A crise financeira afeta a saúde das pessoas

triste

A atual crise econômica mundial não afeta somente o mercado financeiro e a economia dos países. Afeta também a saúde das pessoas. Segundo um estudo publicado pela revista The Lancet, a crise aumentou o estresse, os transtornos mentais, os medos, o número de suicídios e assassinatos. Para cada 1% de aumento no nível de desemprego aumenta 0,8% o número de suicídios entre menores de 65 anos nos países da União Europeia. O mesmo acontece com os assassinatos. Em contrapartida, os acidentes de trânsito diminuem 1,4%.

Quando o desemprego sobe mais de 3% na União Europeia, os suicídios dos menores de 65 anos sobem 4,5% e as mortes por uso excessivo de álcool sobem 28%

Por conta desse resultado, os autores da pesquisa – David Stuckler, da Universidade de Oxford, e Martin McKee, da Escola de Higiene e de Medicina Tropical de Londres – recomendam a aplicação de políticas efetivas de emprego para reduzir essa tendência. Stuckel e McKee afirmam que o alto nível de desemprego é a principal causa de consequências tão ruins.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: